© 2017 Páginas Editora

O romance conta a história da doce e frágil ruivinha Leocádia, que teve de decidir entre o caixeiro viajante Lúcio, com o seu amor suave e sereno, e o destemido e ousado mecânico Rubens. Escolha feita, eis que a vida apresenta a sua face mais humana. Filhos crescendo, progresso financeiro, família prestigiada, marido invejável. Mas lá dentro, no íntimo que só Leocádia conhecia, havia dominação, submissão, vazio. Aos olhos do mundo, não existiam motivos para chorar pelos cantos, pensava Leocádia, que chorava pelos cantos.

O livro é uma derivação de um romance anterior, O filho do corrupto, publicado em novembro de 2015, que é a história de um corrupto narrada por seu filho. No novo livro a história é contada pela mãe. “São livros paralelos, mas independentes, duas visões de uma mesma história”, define o autor. “Quem leu O filho do corrupto pode ler, porque não é repetitivo, e quem não leu pode ler também, porque não depende de ter lido o outro”, explica.

O Jardim de Leocádia

R$35,90Preço