Em Fatias, o lindo e o engraçado, misturadas faixas da rotação recuperada, extraem de si a contusão mortal.

 

Mulher a se recompor estonteantemente tinos e desatinos emaranhados na tessitura memorial feminina.

 

Horas Dançantes, anos 1950 e 60.

 

O toque proibido no detalhe anatômico, os jorros d’água colorida a inexistir graças à incompetência administrativa municipal.

 

O que resta, o que fica. 

 

Se contos, crônicas ou relatos testemunhais ocultam, a entrelinha expõe.  - Rogério Zola.

Fatias

R$40,00Preço