O acaso - tão presente na História - fez com que uma nova vizinha, sabedora que eu era histpriador, me apresentou dois volumes escritos á mão, que eram um documento importante sobre um episódio da política externa do Brasil: nossa participação na Segunda Guerra Mundial. O sargento Buchemi, pai dessa vizinha, que divide comigo a autoria deste livro, deixou registrados os principais eventos de que participou como integrannte da FEB. Seu diário cobre o período de um ano, de setembro de 1944 a setembro de 1945.

Diário de um sargento da FEB

R$35,00Preço

    © 2017 Páginas Editora