© 2017 Páginas Editora

Questões em pauta nas discussões contemporâneas, como racismo, discurso de ódio, fascismo, permeiam os relatos que compõem A menina chinesa, décimo livro do escritor Anelito de Oliveira. O livro traz um forte tom de crítica social e especialmente política, campo que faz dois momentos distintos da realidade brasileira se aproximarem, os anos 1990 e a década atual. Os relatos foram bastante exercitados por autores como Jorge Luis Borges e Silviano Santiago. Tal gênero, afirma Anelito, articula elementos objetivos, reais, subjetivos, virtuais, com a finalidade de construir uma representação critica da vida social. Os textos do livro foram concebidos e esboçados, segundo o autor, em dois momentos “distópicos”: no início dos anos 1990 e em meados da década atual.

Gênero: Contos

A Menina Chinesa

R$42,00Preço